quarta-feira, dezembro 14, 2005

Onde a emoção se opõe à razão

Tentei eu fazer o melhor... mas engraçado, nunca é o suficiente (e nunca é o melhor)... E agora ameaças-me, dizendo que "Tenho sorte de estar acompanhada"... E se nao estivesse? como seria? Haveria sangue e puxões de cabelos? Ah, isso era capaz de ser emocionante. Punhamos uma musica foleira e prontossss... Aí temos o nosso ex libris de filme... (ou seria anuncio... nem sei) Mas alinho! Vamos resolver com os punhos!
Vai, eu deixo-t começar!
ups.... falhaste...
Pára!
Agora é a minha vez..
Nem sabes o que te espera...
Posso fazer o que quero? Deixas? é como nos sonhos?
Entao quero fazer rewind... Esquecer isto tudo...
..
..
..
...
Quero dar-te uma abraço e ter longas conversas contigo acerca do quanto adoras os teus filhos. Eu errei, bem sei. Mas não fui a unica. Queres acalmar? Queres-me bater? Entao vai, eu disponibilzo meu corpo que nada é mais que o involucro de uma alma ferida pela agonia do ódio. Porque é isso que tens por mim... ódio... Mas o que farias no meu lugar? Entregavas de bandeja a tua realidade? so tinha duas hipoteses ou concordava... e Concordei... não me arrependo ... Ameaças-me.. Ameaça-me! Mas porquê se isto apenas te levará ao fosso do ódio. Mas, ESPERA! levas mais alguém contigo... Sim, aquele que defendi se virou contra mim. Irónico este destino. E agora ameaças-me... Não me ameaçes linda senhora pois nao quero o teu mal. Odeia-me, vinga-te pois nada farei para te opor mas pensa que quando a emoção se opõe à razão a vida ganha um novo gosto. Eu fiz a minha felicidade ditou. Agora faz o que o teu ódio dita. É justo não?
Ameaça-me, chama-me tudo o que quiseres, deseja-me o mal até se assim o pretenderes. Mas não esqueças que ambas erramos e que nao há perfeição... não me odeies. O ódio corrompe a alma, mata o ser... Não me odeies..
Isto tem de ter um fim. Foi o desejo que fiz...
Volta atrás meu tempo....
Evita o descalabro...
...
..
..
..
Se assim fosse possivel...

1 comentário:

Alvar disse...

Viva a violencia =P
Vais a dar com a eskerda mas mudas e das com a direita... desvias e pregas uma nos queixos... se precisares de ajuda sabes k podes contar comigo :)

jokas para a minha grande sis

[Arch Enemy]